O Sucesso do McDonald’s

O McDonald’s é hoje uma das maiores franquias de fast food do mundo. Mas você sabe como ele funciona e como ele começou? O principal fator para tamanho sucesso é a cozinha do restaurante que é dividida em áreas, e nelas quase todos os processos são automatizados. Tudo é organizado para que os produtos sejam preparados com a maior rapidez e qualidade possíveis.

Hoje a cozinha funciona da seguinte maneira. Os refrigerantes e sucos são organizados na área de gelados e não podem demorar muito a ser entregues ao cliente. Na fritadeira, as batatas fritas são feitas com bastante rigor. O alimento é armazenado num freezer a 18ºC e o óleo, de soja, é filtrado a cada meia hora para que fique sempre o mais limpo possível. Já os sanduíches passam por uma verdadeira linha de produção. Há uma ordem exata para a colocação de cada ingrediente de cada receita. Os pães passam por um processo de caramelização para que os molhos não deixem o pão ‘encharcado’. Depois da adição destes e dos vegetais, é colocada a carne, que pode ser: bovina, de ave ou peixe. Ela é assada numa chapa automática que reconhece seus diferentes tamanhos para cozinhá-los no tempo exato. Depois de finalizada a montagem do sanduíche, ele segue para a bandeja. Todo o processo deve ser feito, no máximo, em 55 segundos. (leiaja.com)

Esse modelo todo é fruto de um longo trabalho que começou em 1937. Os irmãos Dick e Mac McDonald abrem uma barraca de cachorro-quente chamada Airdome em Arcádia, Califórnia. Durante 3 anos, já em 1940, os irmãos mudam a barraca Airdome para San Bernardino, também na Califórnia, onde eles abrem um restaurante McDonald´s na Rota 66, em 15 de maio. O cardápio se baseava em 25 itens, a maioria deles, churrasco. 

O primeiro hambúrguer McDonald´s custou US$0,15, e como era comum na época, contrataram 20 garçons que, sobre patins, entregavam o pedido do cliente no carro. Isso se tornou popular, e muito lucrativo, fazendo um tremendo sucesso, e aumentando cada vez mais o número de clientes. Quando notaram que a maior parte dos lucros vinha dos hambúrgueres, os irmãos fecharam o restaurante por diversos meses, para criar e implantar um inovador sistema de serviço rápido, uma espécie de montagem em série para os hambúrgueres. 
Quando o restaurante foi reaberto em 1948, passou a vender somente hambúrgueres, milk-shakes e batatas fritas, se tornando um extremo sucesso, cuja fama foi espalhada de boca em boca.

Após alguns anos, em 1953, os irmãos McDonald começaram a criar franquias de seus restaurantes, com Neil Fox abrindo a primeira franquia, e o segundo restaurante foi aberto em Phoenix, Arizona, o primeiro a usar o estilo baseado nos arcos de ouro.

No mesmo ano, o restaurante original foi reconstruído baseado nesse estilo. Ainda em 1953, o quarto restaurante foi aberto em Downey, na Califórnia, na esquina da Lakewood com Florence Avenue, onde funciona até hoje, sendo o mais velho restaurante em funcionamento. Em 1954, durante uma visita ao McDonald’s, Ray Kroc, o empreendedor das máquinas de milk-shake, ficou fascinado com a extraordinária capacidade e popularidade da franquia.

Depois de ver o restaurante em operação, Kroc propôs aos irmãos McDonald, que já vendiam franquias, a vendê-las fora da localização original da empresa (Califórnia e Arizona), sendo dele próprio a primeira franquia. Kroc trabalhou muito para vender a marca McDonald’s.

Foi Ray Kroc quem fundou o McDonald’s Systems, Inc. no dia 2 de março de 1955, e ainda abriu, em 15 de abril, no subúrbio de Chicago, na cidade de Des Plaines, em Illinois, o nono restaurante da marca. Somente no primeiro dia, o total de vendas foi de US$366.12. A biografia da companhia costuma se referir a essa data como o início da empresa, que já tinha 15 anos, tirando os irmãos McDonald’s da história da rede, dando maior valor ao fundador Kroc, porém a empresa considera o restaurante dos irmão como o número 1. (administradores.com.br)

O McDonald’s é um dos maiores exemplos de como um bom layout na cozinha pode fazer toda a diferença no produto final. Graças ao modo como a cozinha foi planejada e como os funcionários eram treinados, a franquia conseguia fazer lanches mais rápidos e com preços mais acessíveis, uma vez que as perdas eram mínimas. Isso, somado a um ótimo atendimento, sanduiches saborosos e uma mente empreendedora, transformou o McDonald’s de uma empresa familiar para a gigantesca franquia que ele é hoje. Toda essa história e trajetória pode ser vista no filme “Fome de Poder”, dirigido por John Lee Hancock, lançado, no Brasil, em 10 de março de 2017.

E você? Já pensou em mudar a disposição do seu estabelecimento para que ele possa se tornar mais rentável e com menos perdas e falhas? Já pensou em fazer um projeto de um novo layout? Se sim, venha conversar conosco e ficaremos felizes em poder ajudar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *